Overtime Design

Design e suas especializações: DESIGN EMOCIONAL

Posted on: 3 de Fevereiro de 2010

Designers,

Quando me envolvi com design, a primeira coisa que reparei foi o leque de “vertentes” oferecido. Inicialmente fiquei perdida entre tantas definições e qual lado deveria seguir contudo após pesquisas, leituras de alguns livros e muitos artigos colhi um bom material para uma nova série no blog: Design e suas especializações!

Encha sua caneca de café/coca ou leite, acomode-se em sua cadeira e deixe o Design te dominar…

DESIGN EMOCIONAL

O recente campo do “Design & Emoção”, também reconhecido como “Design Experiencial” e “Design Emocional”, se caracteriza pelo foco na relação emocional dos usuários com o meio projetado e pelo entendimento de que os produtos podem promover experiências agradáveis e evocar sentimentos positivos.

Segundo Donald Norman¹ em seu livro Design Emocional, ” A obra tem foco na relação do design com o universo das emoções, apresentando a nova tendência de consumo na qual o usuário atribuirá suas emoções diretamente aos objetos, mediante aos sentimentos gerados em suas experiências de utilização. Submersos na onda tecnológica do século XXI, os celulares são capazes de identificar tanto o amor de sua vida quanto um credor, causando alegria ou repulsa no consumidor. Nosso cérebro então, não separará o joio do trigo, ou seja, não atribuirá o sentimento ao designer que desenvolveu o celular ou ao gerente das Casas Bahia que ligou para você. O celular será alvo de sua raiva e você o jogará longe, como se ele fosse o culpado pela ligação ter sido detectada, recebida. Você fez a dívida, o celular que fique quietinho e não ouse contar a você que o boleto precisa ser pago, mesmo três semanas após o vencimento.

Esse impulso emocional relacionado diretamente ao objeto e não ao desenvolvedor explica o fato de você adorar seu fusquinha 1966 e não querer vendê-lo para ninguém, relacionando-o ao tapão que você deu no seu micro ontem por que ele não parava de travar. Isso também está relacionado ao fato de muitas pessoas ofenderem e pronunciarem termos obscenos para seus produtos recém-comprados, como se eles fossem um político corrupto ou juiz de futebol.”

No Brasil, o laboratório Design, Memória e Emoção da PUC-Rio é um espaço interdisciplinar de ensino, pesquisa e prática projetual, norteado pela idéia de que o Design é um processo intencional capaz de criar formas para promover experiências memoráveis, sentimentos positivos e condutas socialmente responsáveis. O : ) LABMEMO ( : privilegia o método etnográfico e referencial teórico da Antropologia e da Sociologia como meios para estudar a relação das pessoas com o entorno construído e para projetar produtos focados no bem estar coletivo.

 

Design Emocional - Livro

Design Emocional - Livro

__________________
¹ Donald A. Norman é professor emérito de ciência cognitiva na Universidade da Califórnia em San Diego eProfessor de Ciência da Computação na Universidade Northwestern, mas seus trabalhos de hoje são na maioria na Engenharia de Usabilidade. Também leciona na Universidade de Stanford e é um membro do corpo editorial da Enciclopédia Britannica.

Mais informações:
Sites sobre design emocional
Autores

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Hello Raissa

Anúncios
%d bloggers like this: